(não) Vir.

Ela respirou fundo. Se engasgou por todo o mundo. Viajou do mar sincero ao mais profundo. Conspirou para se entender e derrubou seu eu vagabundo.   Buscou novos limites ao ultrapassar o mundo. Encontrou mais conforto em um planeta submundo. Entendeu que seu ser de lá não era oriundo. Viu mais do que muitos e […]

(não) Ir.

Ele foi… Confiou, Acreditou, Contracenou, Se arrependeu, e fez da força o medo… Não havia recomeço… E soube que não deveria existir, Mas teve má compreensão, E repensou que deveria resistir. Não era tarde para agir, Não era fácil digerir, Mas continuou… Se arrepiou, Contracenou, Acreditou, Confiou, E foi.  

Tempo(s) perdido(s)

Todos os dias quando acordo. Não tenho mais o tempo que passou, mas tenho muito tempo… Tempo escasso, tempo vago. Tempo perdido. Tudo é questão de interpretação? Seria o meu tempo menos vago do que o do outro? O tempo mais útil poderia ser o que te faz gastar mais tempo para ter tempo para […]

O Inédito

Ele simplesmente saiu de casa como se nada tivesse acontecido, afinal seu trabalho o ensinara a ser frio em momentos difíceis, uma postura que teve de carregar para toda a vida caso quisesse melhorar em sua carreira. E não queria ouvir uma esposa cujo pensamento místico ganhava de qualquer tentativa racional de esclarecer suas dúvidas. […]

Uma festa de introversão

Eu já fui em festas, diversas delas, mas geralmente aconteciam na minha casa e minha mãe que preparava comidas baratas para servir a vizinhança que esperava ansiosa com chapéus característicos. Depois eles sempre cantavam uma música e eu tinha que assoprar velinhas acesas encravadas na cobertura do bolo, geralmente continham números, 8, 7… depois dos […]

Buquê de flores

Caminhei sem ser notado. Passos lentos, sem rumo, apenas seguia para tentar não interromper o fluxo natural da vida. Multidões iam em destinos iguais, uns para lá outros vinham, mas ninguém interrompia esse fluxo. Sempre em frente, sem explicações plausiveis para um passo de cada vez. As escadas que possuíam um temporizador ocasional para facilitar […]

Sabe aquele negócio de amizade?

Há não muito tempo estive pensando no que fazer da vida, já conhecia todos os conceitos dos altos e baixos e acreditava que com mais uma leva de esforços eu conseguiria superar os momentos de queda e retomaria o pique para tentar sair dos problemas novamente, como se nada me abalasse. Eu estava cansado e […]

Peter, o comedor de sonhos

Se era uma criança normal? Claro que era! Você nunca tem como saber o que pode ser de verdade, porque não sabemos de fato se a nossa realidade é esta em que estamos. Talvez você seja parte de algum experimento tecnológico ou quem sabe não é nada, apenas parte de um todo que te entende […]

A união comunitária

“Tia Vera, tia Vera, podemos tirar a pipa que caiu no seu telhado?” Sempre ouvia esse tipo de questão Vera sabia que podia confiar nas crianças, eles tinham medo de pedir para as pessoas de outras casas e para evitar os sermões e costumavam invadir tentando habilidades de ladino. Mas a sorte quase nunca visita […]