A Escuridão e o Escritor

Às 4h19 da manhã vivo as loucuras de um escritor com a mente tonta como em um pesadelo semiacordado. Uma casa pequena, com dois cômodos nada espaçosos e um banheiro, não sei o que devo usar como quarto e o que devo usar como sala/cozinha/quintal/e o caralho. Como se já não bastasse todos os problemas […]

Dionísio

Dionísio era um Deus poderoso. Posso dizer que nos tempos atuais se sua fama ainda estivesse em alta, ele conseguiria dominar o mundo com seus poderes alcoólicos, mas na época que sua glória existia não tinha muito o que fazer, pois os homens se destruíam com mais facilidade e ele nunca ganharia de Afrodite. O […]

A Sabedoria

Um sobressalto me acordou sem motivos, as lembranças confusas de um pesadelo não curtiam os olhos fechados. Ouvi da consciência que tinha de levantar, e aí fui. No banho cansativo um som me espantou, cessei as águas e agucei os ouvidos. Era o som repetitivo da campainha. Me apressei para a toalha e me enrolei […]

Sobre o medo

O homem gritava com sua voz grave palavras chulas e repressoras. Elas viajavam com um peso desumano e atingiam os envolvidos que trepidavam o corpo involuntariamente. O homem não queria observar o sentimento que destruía aquele ambiente, para ele o controle absoluto da situação era prazeroso, nada melhor do que expor a sua loucura sobre […]

Um ateu na selva cristã

Um adolescente calmo por ser reprimido, um pensador escondido, fora vítima de vitimismo, das lágrimas de medo. Teve uma vida pacata, ao qual se viu viver em uma selva, cujo grupo predatório o via como presa, apesar de suas semelhanças. – Por que você está chorando? – perguntou o jovem à sua mãe que parecia […]

Eu não sou daqui

Se o sol matinal despertasse em mim o mesmo sentimento que parece despertar nos atletas que se importam com seu corpo, eu certamente não estaria deprimido logo pela manhã. O acordar, também parece não ter efeito. O sentimento cansativo e exausto do final do dia ainda permanece bastante firme e já me disse que não […]

O Mal que se via

De certo que ele não seria como um alguém comum. Pensou primeiramente em se explicar como um alguém diferente, mas tudo está tão diferente que ficou claro pensar que seria mais igual elevar uma divergência qualquer. Então ele tentou se explicar como um alguém igual, mas igual a quem? Ora, a todos aqueles que de […]

A casa da rua 44

A casa da rua 44 estava vazia quando eu a vi pela primeira vez. Por mais que as caixas estivessem pesadas, eu tive de retornar com a mercadoria e ainda receber uma bronca do meu chefe.  Mas da segunda vez alguém estava lá, eu sei disso. Eu cheguei normalmente carregando as duas caixas em meus […]